Get Adobe Flash player
 
 
  
 
 
 
 

CNCP contesta alteração da data da caça às rolas





 A Confederação Nacional dos Caçadores Portugueses contesta, em nota de imprensa, a alteração da data de abertura da caça às rolas.

 

Nota de Imprensa
 
 
Foi hoje publicada a Portaria 556/2010, de 22 de Julho, que rectifica a Portaria 288/2010, de 27 de Maio, que estabeleceu o Calendário Venatório para 2010/2011.
 
Com esta rectificação é passada para 22 de Agosto a abertura da caça às rolas, inicialmente prevista para 15 do mesmo mês.
 
Dos fundamentos para tal decisão nada nos foi comunicado e não encontramos razão técnico-científica para a mesma. Por outro lado esta decisão vem alterar toda a programação das entidades gestoras, designadamente das Zonas de Caça Municipal, que já haviam publicitado, a nível nacional, as condições de candidatura e exercício da caça, contemplando o dia 15 de Agosto e consequentemente recebido centenas de inscrições para esse dia.
 
Com a decisão de alterar a data de abertura às rolas o Secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural discrimina os caçadores do centro e norte de Portugal que verão reduzida a possibilidade de caçar às rolas.
 
A publicação de um Calendário Venatório e sua posterior alteração, passado pouco mais de um mês, radica na falta de diálogo entre o Governo e as Organizações do Sector da Caça, que quebrou uma tradição de mais de oito de anos.
 
A Confederação Nacional dos Caçadores Portugueses repudia veementemente a decisão agora tomada e tudo fará para que a todos os caçadores portugueses sejam dadas as mesmas oportunidades, no contexto da diversidade geográfica do país.